Blakemore Hyde Park Hotel, Londres

Hotel Blakemore Hyde Park, Londres

Minha última noite em Londres foi mais do que eu esperava que seria, e também tudo o que eu precisava depois de uma semana de trabalho estando doente do estômago. Foi um destaque na minha viagem, e é por isso que na avaliação desse mês eu conto tudo sobre a minha estadia no Blakemore Hyde Park Hotel.

Localizado na área de Bayswater, entre o charme de Notting Hill e a famosa Oxford Street, o Blakemore Hyde Park é um hotel 4 estrelas deluxe onde os donos fazem questão que você se sinta em casa e receba a atenção que merece. Amo detalhes, e esse já fez toda a diferença.

A localização

Hyde Park
Hyde Park

Decidir onde ficar em Londres pode ser bem difícil, tudo depende do que você quer fazer e visitar, e quanto quer gastar. No entanto, a região em que ficará também tem um papel muito importante nessa decisão, e sinceramente, para mim, a região do Hyde Park não poderia ser melhor.

O Blakemore Hyde Park está localizado em um bairro sensacional, à alguns passos do tão famoso Hyde Park. Está também próximo à duas estações de metrô diferentes: Paddington e Bayswater, em um prédio lindo em uma rua bem tranquila. Há lojinhas e até cinema por perto, e de lá é bem fácil ir à atrações como o Buckingham Palace.

Se você procura um lugar silencioso à noite e em uma área tranquila, esse é o lugar. Acordei cedo e decidi dar uma volta no Hyde Park, e no meu caminho da volta foi quando achei uma rua bem charmosa que mencionei no meu post Meus achados em Londres. Fiquei encantada com a região ao redor do hotel, bem residencial e cheia de prédios lindos.

O quarto

Hotel Blakemore Hyde Park, Londres

W e eu ficamos em uma Executive Junior Suite localizada no térreo. Nosso quarto era bem silencioso, tudo que eu estava precisando. Assim que abri a porta do quarto a primeira coisa que notei depois da cama e do cheiro super gostoso, foi um prato cheio de frutas. Muito atencioso da parte deles; nem preciso dizer que comi todos os morangos.

Frutas

O banheiro era maravilhoso, bem clean e moderno. O chuveiro era um sonho.

Hotel Blakemore Hyde Park, Londres

Hotel Blakemore Hyde Park, Londres

No quarto há um closet, uma mesa de trabalho, um sofá e uma TV, um frigobar para guardar o que precisar, e em cima dele tudo que é necessário para fazer aquele chazinho para se aquecer.

Hotel Blakemore Hyde Park, Londres

Hotel Blakemore Hyde Park, Londres

Hotel Blakemore Hyde Park, Londres

Chá

Preciso mencionar a cama? Maravilhosa, não só por ser confortável, mas também por seu tamanho. Sinceramente? Todo hotel deveria ter uma dessas, em poucos achei algo parecido.

Hotel Blakemore Hyde Park, Londres

Meu quarto tinha uma janela sem vista, não me importei muito, tudo o que eu queria era um quarto silencioso e bem escurinho para conseguir dormir a noite toda. Funcionou.

As instalações

Em 2012 o hotel foi inteiramente renovado, e atualmente conta com um restaurante no terraço – onde é possível sentar do lado de fora se o clima permitir – um bar, uma pequena academia com alguns equipamentos básicos, uma sala especial para o café da manhã e 3 salas de reunião.

O restaurante no terraço
O restaurante no terraço
O bar
O bar
Salão do café da manhã
Salão do café da manhã

O restaurante

O restaurante fica no terraço de frente para a rua. Não tive a chance de sentar do lado de fora já que o clima não permitiu, mas como é todo em vidro, mesmo do lado de dentro dá para ter uma vista legal. Lá é possível deliciar um famoso afternoon tea – chá da tarde – bem como jantar, fiz os dois e foi um experiência difícil de esquecer, maravilhosa.

Hotel Blakemore Hyde Park, Londres

O Afternoon Tea

Afternoon tea, Hotel Blakemore Hyde Park, Londres

Antes de nos sentarmos para o nosso afternoon tea, W e eu estávamos bem estressados com o fato de o nosso vôo de volta para a Alemanha no dia seguinte ter sido cancelado. Então caiu bem sentar, relaxar um pouco e aproveitar um chazinho bem quentinho para esquecer o problema por um tempo.

O afternoon tea era composto por mini sanduiches, macarons franceses, scones – tradicionais da Inglaterra – quentinhos e fofinhos, mini brownies e claro, chá – como sempre, pedi o de frutas vermelhas. E para fechar com chave de ouro, champagne com morango.

Scone
Scone
Macarons
Macarons

Champagne com morango

Tenho uma loucura por macarons e scones, o que significa que tenho minhas preferências, especialmente em relação aos macarons – por exemplo, não gosto quando são secos – mas esses eram pedacinhos do céu, tradicionalmente franceses.

Essa foi a primeira vez que fui à um afternoon tea e espero sempre poder repetir quando estiver em Londres. Só espero que seja sempre bom como esse; ou posso simplesmente voltar aqui.

O jantar

O quesito comida gostosa não parou no afternoon tea, emendou com o jantar. Sempre digo que você sabe que a comida é boa quando já está cheio e ainda assim o gosto é maravilhoso e não consegue parar de comer. Foi exatamente isso que aconteceu com a gente.

Como bebida, pedi um vinho branco – Chardonnay – e o W uma cerveja. Antes das entradas chegarem, comemos um pouco de pão caseiro com azeite.

Cesta de pães

Para a entrada, pedimos uma sopa do chefe – Chef’s soup kettle – feita com pedacinhos de pão fresco grelhado. Uma delícia, até me lembrou uma sopa que eu costumava tomar quando criança.

Sopa

Como prato principal, pedi “O” pato da minha vida. Ainda nem sei explicar que maravilha foi aquela, só sei que foi delicioso, tão delicioso que até parei de falar e decidi focar na comida. Combinei com um vinho tinto.

Pato

W pediu uma carne – Blakemore Sirloin Steak – claro que roubei um pedacinho e já vou logo dizendo: incrível. Ele disse: “a melhor steak que já comi”. Isso me deixou surpresa já que ele nunca falou isso antes.

Carne

Sobremesa? Infelizmente não pedimos, por 2 motivos: 1. estávamos muito cheios, sério! 2. Estávamos bem atrasados para um encontro no cinema com o 007, então não deu tempo provar da tentação de chocolate que eles tinham naquele dia. Arrependimento!

Um fato interessante sobre o restaurante que só descobri no dia seguinte: o chef deles, Andrea Secchi, trabalhava para o famoso Marcus Wareing, chef do restaurante do Berkeley Hotel em Knightsbridge, o qual possui 2 estrelas Michelin. Agora está tudo explicado!

Para ver o menu do restaurante clique aqui.

O staff

Da hora que chegamos para deixar nossas malas pela manhã – o check-in era à partir das 15:00 – até a despedida, o staff foi muito simpático e atencioso. Se importavam se tudo estava bem, se precisávamos de um táxi, o que estávamos planejando para o dia, com a comida, se gostaríamos de mais algo para beber; era muito mimo, fácil se acostumar.

O lobby
O lobby

Um pouco de sinceridade

  • Um spa deixaria o hotel melhor ainda!
  • O hotel era tão gostoso e aconchegante que nem dava vontade de sair de lá, mas Londres me esperava!

Destaques

  • A comida maravilhosa
  • A localização
  • A cama!

Dica

O Blakemore Hyde Park oferece benefícios exclusivos para quem reserva pelo site deles; entre eles estão um upgrade no quarto – caso haja disponibilidade – check-out mais tarde e uma tarifa mais barata do que em outros sites.

Hotel Blakemore Hyde Park, Londres

Blakemore Hyde Park Hotel

30 Leinster Gardens

Bayswater, Londres

Reservas para o restaurante

 

*Nota: fui convidada pelo Blakemore Hyde Park para me hospedar no hotel por uma noite, incluindo um afternoon tea e jantar. As opiniões aqui expressadas, como sempre, são minhas.