24 horas em Casablanca

Casablanca, Marrocos

Sempre que pensava em viajar ao Marrocos, Casablanca sempre estava no meu roteiro. Afinal de contas, como assim visitar o Marrocos e não ir à Casablanca? Essa sempre foi minha pergunta, apesar de muitas vezes ter ouvido as pessoas dizerem que não há nada de interessantes para ver na cidade. Depois de levar em consideração alguns aspectos, W. e eu decidimos que seria uma boa ideia ir assim mesmo, mas que 24 horas em Casablanca seria suficiente. Hoje, depois de retornamos da viagem, concordo que foi o tempo certo.

Casablanca é a maior cidade do Marrocos, com mais de 3 milhões de habitantes, sendo a capital financeira e de negócios do país. Tornou-se famosa em todo o mundo pelo filme que leva seu nome, mas na realidade, a Casablanca do filme, não é bem a que você vai encontrar. A cidade hoje em dia é moderna, com muito trânsito e, na minha opinião, bem americanizada, especialmente em termos de shopping, onde a maioria das lojas são americanas.

Chegando lá e se locomovendo

Chegamos em Casablanca de Marrakesh com trem, onde ficamos 24 horas antes de seguirmos caminho para Tanger. Se planeja chegar à cidade de trem, saiba que há duas estações, Casa Voyageur e Casa Port. A primeira, é a mais antiga e de onde a maioria dos trens saem, a segunda é nova e bem moderna, e mais próxima do centro, mas nem todo trem passa por lá. Além disso, claro, há voos direto de diversas partes do mundo, inclusive saindo do Brasil.

A melhor forma de se locomover pela cidade é de taxi, a não ser que tenha um carro alugado ou contrate uma empresa para seu transporte. Casablanca é grande, e por isso, os pontos turísticos não são tão próximos um dos outros, e andar entre eles pode ser um pouco demais.

O que fazer em Casablanca

Em 24 horas conseguimos ver tudo que queríamos, apesar de tudo ter sido mais lento por eu estar doente durante nossa curta estadia. Aqui vão alguns dos destaques de Casablanca:

Rick’s Café

Casablanca, Marrocos

Se você chegou a ver o filme Casablanca, certamente se lembra que a maior parte do filme se passa em um café. Pois bem, aquele café não existe na vida real, mas alguém teve a brilhante ideia de construir um idêntico ao do filme, o qual é aberto ao público e onde é possível jantar ao som de um piano tocando “As time goes by”.

Rick’s Café é exatamente como o do filme, a decoração é linda, há uma TV mostrando cenas do filme, a comida é maravilhosa, a atmosfera incrível e às 20:00 o pianista começa seu show. Adoramos a experiência e achamos que foi o destaque da nossa estadia em Casablanca. Quando na cidade, NÃO deixe de ir lá e lembre-se de fazer uma reserva.

Mesquita Hassan II

Casablanca, Marrocos

A décima terceira maior mesquita do mundo e maior do Marrocos, a Hassan II é um lugar incrível de arquitetura impressionante e uma das únicas no mundo a permitir a entrada de não-muçulmanos. É necessário, no entanto, ir com um tour que é organizado pela própria mesquita. Não é necessário fazer reserva, é só chegar e se dirigir aos guichês e escolher em qual horário e idioma você deseja fazer o tour.

Notas:

– Há apenas alguns tours por dia. Pela manhã há de hora em hora e à tarde o último é às 16:00 (não há muita informação no site oficial).
– Dicas para mulheres: leve um cachecol ou lenço para cobrir os ombros, é obrigatório.

La Corniche

Casablanca, Marrocos

É a beira mar da cidade, onde há restaurantes, bares e clubes de praia para aproveitar o tempo na cidade. Próximo ali estão também shoppings e resorts. Infelizmente, não tivemos tanta sorte quando fomos até lá, já que de repente ficou tudo coberto com um nevoeiro que impossibilitou ver qualquer coisa.

Medina antiga

Casablanca, Marrocos

No Marrocos, a medina antiga de Casablanca certamente não foi a minha favorita. Apesar dos prédios antigos serem coloridos e interessantes, não foi o que eu esperava. No entanto, acredito que seja uma parada obrigatória. Meu conselho é: vá com um grupo e evite ir no final do dia. Tome cuidado também ao tirar fotos, já que algumas pessoas podem não gostar.

Outras sugestões são:

Place Mohammed V
Morocco Mall (para compras)
Palácio do Rei (fotos do palácio não são permitidas)

Onde se hospedar

Four Seasons Hotel, Casablanca

Ficamos no maravilhoso Four Seasons Hotel Casablanca e sem dúvidas está recomendadíssimo. O hotel é localizado na La Corniche bem em frente à praia, e com um shopping bem ao lado.

Média de preço: 250 – 2300 Euros a diária (quarto duplo)

Dica!

Prepare-se para negociar com os taxistas como em nenhuma outra cidade. Eles cobram preços bem diferentes pela mesma rota, e à noite pedem o dobro. Acho que já dá para imaginar que o preço também sobre quando você informa que está hospedado em um hotel 5 estrelas.

Vale a pena visitar Casablanca?

Não me arrependo de ter ido, assim finalmente vi a cidade com meus próprios olhos e tirei minhas próprias conclusões. Com certeza valeu a pena ter ido ao Rick’s Café e à Mesquita Hassan II. Se eu voltaria? Acredito que não.

 

Pin aí!

24 horas em Casablanca, Marrocos