Minha receita para ser um expatriado feliz

Allane Milliane Packing my Suitcase

Fazem exatamente 5 anos que deixei o Brasil e me mudei para a Europa. Parece que já fazem séculos, e ao mesmo tempo parece que foi ontem. Ainda lembro da despedida da família e dos amigos, da cara do meu cachorro dentro da caixa de transporte no aeroporto e da ansiedade de começar uma nova vida em um novo país, em outro continente.

5 anos se passaram desde aquele dia. Durante esse tempo morei em 2 países, 4 cidades e 4 apartamentos diferentes, me mudei 4 vezes (sim, ainda lembro das caixas), terminei um mestrado, fiz 4 estágios, fiquei noiva, casei, aprendi meu quinto idioma, visitei 12 países novos e fundei um blog de viagens. Loucura! Confesso que até começar a escrever esse post não havia pensando em tudo isso.

Antes que eu fique toda sentimental em como o tempo voa e por eu ainda ter a sensação de que ainda não fiz nada significante na minha vida, saibam que sou muito feliz onde estou. Porém, sei que muitas pessoas não se sentem da mesma forma morando fora de seus países. Todo mundo que vive no exterior enfrenta seus desafios, têm seus dias difíceis e alguns até desistem.

Algumas pessoas simplesmente não conseguem se adaptar à cultura local, ao idioma, encontrar trabalho, se integrar com os locais, entre outros problemas comuns enfrentados cedo ou tarde por expatriados. Mesmo muito feliz hoje em dia, minha vida de expatriada nem sempre foi assim, e ainda não é perfeita (não que eu espere que seja; gosto de desafios).

Munique com neve

Eu também tive os meus momentos difíceis morando na Suíça e Alemanha, tentando seguir a carreira dos meus sonhos, aprendendo alemão, enfrentando a solidão, odiando muitas vezes os dias escuros de inverno, sentindo saudades da família, ficando doente, e acreditem se quiser, eu também tive problemas fazendo amigos.

Cada um desses problemas me ensinaram algo diferente, e uma das lições foi que todos podem ser expatriados felizes, não importa onde e em qual situação. Alguns de vocês devem estar pensando agora “tá doida?”. Provavelmente, mas tire suas próprias conclusões depois de ler a minha receita para ser um expatriado feliz:

Abra sua mente

Para novas culturas, um novo idioma, formas diferentes de pensar, novas oportunidades, para respeitar as diferenças e as regras locais. Para alguns, isso pode ser difícil e demorar um pouco para acontecer. Se você acha que é uma dessas pessoas, se esforce mais para mudar; você vai conseguir.

Um passo de cada vez

Ou melhor: tenha paciência! Você não vai se acostumar com a nova vida em uma semana ou em 3 meses. Para alguns, esse processo pode demorar mais do que para outros, mas em todos os casos: passo a passo. Cada dia você estará dando mais um passo no aprendizado de uma nova língua, na aceitação das regras diferentes, em fazer novos amigos, em se acostumar a se virar em um país diferente e por ai vai. Esse provavelmente é o ingrediente mais difícil da receita para se achar: paciência.

Flores

Dê sem esperar receber

Se tem algo que não só tornaria a vida de todo mundo mais fácil, como também faria do mundo um lugar melhor, isso seria se todos nós déssemos sem esperarmos receber nada em troca. Como expatriado, você constantemente tem a sensação de que sempre está dando mais do que os outros ao redor. Isso é porque você está fora da sua zona de conforto, onde cada passo parece requerer muito esforço da sua parte.

Não se preocupe, vai melhorar, não desista. Você pode até achar que não vai chegar à lugar algum, mas um dia irá olhar para trás e verá o quão longe você chegou. Lembre-se: paciência!

Saiba que erros fazem parte do sucesso

Erros. Você cometerá muitos como expatriado. Erros enquanto dirige, anda de bicicleta, pronuncia palavras errado, cumprimenta alguém, faz uma entrevista de emprego, entre outras situações embaraçosas. Ninguém é perfeito, todos nós cometemos erros, eles são mais importantes para o sucesso do que você imagina. Então, aprenda com seus erros.

Idiomas
Pixabay

Valorize as pequenas coisas

Aprecie o fato de que hoje você conseguiu memorizar uma nova palavra no seu novo idioma, que alguém te cumprimentou, que hoje você tem a chance de tentar de novo o que não conseguiu ontem. Permita-se sorrir com simples coisas, elas são novos passos para a sua vida feliz como expatriado.

Lembre-se que sempre há luz acima das nuvens

Sempre que olho para o céu cinzento da Alemanha no inverno, tento lembrar que acima dessas nuvens carregas há um sol, uma lua ou estrelas que estão brilhando. Tento pensar nisso sempre que estou tendo um dia difícil. Afinal, nenhuma tempestade dura para sempre, em breve verá a luz que procura, não importa quanto tempo irá demorar.

Acima das nuvens

Aceite o aqui e agora

Você pode ser feliz onde quer que esteja, só aceite que agora aqui é onde você está. Aceite o seu novo país, sua nova língua, sua nova casa, seus novos vizinhos, sua nova vida. Aceite o aqui e agora. É um desafio, mas é uma nova chance de ser feliz.

Flores

Não, essa receita não é fácil de seguir.
Não, nem sempre a sigo, mas ai é onde está o problema.
Sim, sempre que eu sigo funciona.
Sim, ela pode ser aplicada à vida de qualquer um, não só à vida de um expatriado.
Sim, pode levar um certo tempo até conseguir chegar lá.
Sim, é possível!

À todos os expatriados por ai afora: vocês são capazes, vocês podem ser expatriados felizes!