Sobre ficar doente viajando

Doente viajando

Ninguém quer ou espera ficar doente enquanto está viajando, essa é uma das piores coisas que podem acontecer em uma viagem. Principalmente se for aquela que você está planejando há um tempo e esperou tanto para que acontecesse. O problema é que pode acontecer com qualquer um de nós, em qualquer lugar e qualquer hora. Claro, há formas de prevenir e tratar, assim como também há formas de lidar com a situação, o que é o foco desse post.

Infelizmente eu já estive nessa situação antes. Em muitos casos só tive uma gripe ou resfriado, nada demais. Mas também já tive nariz entupido em uma viagem de mergulho – não dá para mergulhar com o nariz entupido já que não é possível equalizar na descida – infecção intestinal em um Réveillon que passei em Madrid, e outra vez recentemente quando estive em Londres.

Não sei o que é pior, estar doente em si, ou estar doente viajando. Se estiver viajando com mais alguém, menos mal, assim tem companhia, se não, você se sente inseguro e/ou pensa que vai morrer sozinho – como foi o meu caso em Londres. Se começar a pensar essas coisas, está na hora de dar uma desacelerada e se cuidar.

Seja uma gripe, enxaqueca, febre, infecção intestinal, diarreia, vômito, dor no estômago, entre outras doenças, há algumas medidas que você pode tomar, seja para esses ou outros casos, para lidar com a situação. Depois de passar por alguns deles – o pior sendo diarreia e vômito – aqui vão as minhas dicas para sobreviver a uma viagem doente:

Tente não se estressar por estar doente

A tendência é ficarmos estressados ou chateados porque ficamos doentes no meio da viagem, afinal de contas, que saco não é? A verdade é que é melhor evitar esse estresse para que não piore. O negócio é aceitar que está doente e a partir de agora fazer as coisas em um ritmo mais devagar.

Preste atenção no que seu corpo diz

Seu corpo irá tentar te falar de várias formas que está doente, e se você não prestar atenção a esses sinais, poderá piorar. Aceite que o corpo tem um limite e que você precisa conhecer o seu; não force mais ainda.

Doente viajando
©Pixabay

Permita-se repousar

Eu sei que tudo o que você mais queria era sair, turistar pela cidade, tirar um monte de fotos e provar comidas deliciosas nos restaurantes por ai afora. Infelizmente isso nem sempre é possível dependendo da sua doença e dos limites do seu corpo. Então ao invés disso, se permita descansar um pouco, deite e repouse sem se sentir culpado por isso.

Desacelere o ritmo

Se mesmo doente você ainda se sente disposto para andar por ai e visitar alguns pontos turísticos, faça, mas em um ritmo mais tranquilo. Nada de pressa ou andar horas e horas só para poder ver tudo que estava no roteiro, ao invés, faça paradas sempre que achar necessário e beba muita água.

Doente viajando
Aviso no metrô de Londres sobre beber água.

Saiba quando pedir ajuda

Esteja você viajando sozinho ou acompanhado, você ou seu companheiro de viagem devem saber quando pedir ajuda. A primeira coisa que faço é ir em uma farmácia pedir um conselho do farmacêutico – aqui na Europa é isso que a maioria das pessoas fazem – e tento seguir direitinho o que me foi recomendado. Caso não melhore, é hora de ir ao médico. Em casos mais sérios é melhor ir direto ao médico.

Doente viajando
©Pixabay

Foque em melhorar

Eu sei que a viagem não foi como planejada ou como você esperava, mas agora não é hora de sentir mal ou ter raiva da situação – você terá tempo para isso depois. Agora é hora que focar em melhorar, afinal de contas, você poderá retornar outra vez e nesse momento você precisa da sua saúde de volta se ainda pretende viajar o mundo.

Doente viajando
©Pixabay

Claro que há casos os quais requerem assistência médica imediata, por isso é sempre bom ter um seguro de saúde e saber quem entrar em contato quando precisar. Além do mais, nunca se sabe quando irá precisar. Para as nossas viagens de mergulho, eu e o W fazemos sempre um seguro de saúde anual voltado só para essa atividade, o qual cobre tudo relacionado a acidentes com mergulho.

É verdade que nada te fará se sentir melhor com o fato de estar doente bem no meio da sua viagem, mas há sim coisas pra fazer para evitar que se sinta pior. O meu pior caso foi quando estava sozinha em Londres, muito mal do estômago e fraca. À princípio não queria aceitar que estava doente, mas eventualmente aceitei e percebi que foi melhor assim.

Mesmo morrendo de vontade de sair pela cidade, tive que abrir mão dos meus planos e roteiro. Entendi que eu realmente precisava melhorar se eu quisesse terminar a viagem inteira. Não foi fácil, mas repouso e muito líquido ajudaram muito na minha melhora. Então, se um dia ficar doente viajando, aceite a situação, dê uma desacelerada e se cuide. Já já estará se sentindo melhor, ai sim poderá começar a resmungar do acontecido.

Doente viajando

Já ficou doente viajando? O que você fez?