Você consegue dormir no avião?

Fonte
Fonte

Tantas viagens de avião e eu nunca consegui me tornar uma expert em dormir durante um voo. Com o tempo isso passou a me incomodar cada vez mais, especialmente nos de longa distância e durante a noite. O máximo que consigo são cochilos de 5 minutos, e ainda acordo assustada achando que o aeronave está caindo. Enquanto isso o W consegue não só dormir, como também roncar. Sorte dele que não chegará no destino final com cara de zumbi e de mal humor.

O voos mais longos que já fiz foram de São Paulo para Toronto em 2004 – 10 horas e 50 minutos – e de Madrid para São Paulo há poucas semanas – 10 horas. Pense como foram longos! Parecia que as últimas 3 horas não iriam mais passar. Vi 2 filmes, 1 episódio de uma série, li páginas e páginas de um livro, escrevi um post e ainda traduzi (Como é ser um garçom na Oktoberfest), escolhi e editei diversas fotos no Photoshop, joguei joguinhos, comi e bebi, conversei, fui ao banheiro, mas não cochilei nem 1 minuto.

Pensando em mim e em outras pessoas que enfrentam o mesmo problema, decidi perguntar a alguns blogueiros viajantes, como eles conseguem dormir em aviões. E essas foram suas respostas:

Normalmente durmo em aviões, especialmente se for cedo da manhã ou à noite. Uma vez, tive um voo noturno que acabou atrasando algumas horas, e quando finalmente cheguei ao meu assento estava tão cansado que peguei no sono antes da decolagem e só acordei quando estavam anunciando o pouso.

Meu segredo? Coloco meus fones de ouvido, ligo meu iPod, escolho algumas músicas, aumento o volume, fecho meus olhos e imagino que estou em algum lugar (de preferência onde nunca estive antes ou para onde estou indo). Sempre funciona e ainda ajuda a evitar pessoas chatas que estão ou não no meu voo.

No entanto, nunca é legal acordar durante uma turbulência, olhar pela janela e ver raios. Por outro lado, se o voo é durante o dia, não consigo dormir porque fico grudado na janela pronto para tirar algumas fotos. 😉

Vlad do blog Eff it… I’m on Holiday

Fonte
Fonte

Devo admitir que normalmente não durmo muito em voos longos, isso é porque eu amo voar e a expectativa de visitar um novo destino. Assim acabo ficando acordada com tanta empolgação! Meu sono é muito leve e acho muito difícil conseguir dormir em um voo barulhento e lotado. Mas tento pelo menos por algumas horas para não ficar com cara de sono e pronta para ir para a cama assim que o avião pousa.

Minha melhor dica para dormir no avião é tomar um vinho, ou meu favorito, Baileys, no começo do voo. Isso sempre me deixa um pouco cansada e com sono. Dai então troco de roupa e visto algo mais confortável, uma calça de tecido mais frouxa ou um pijama, e me cubro com o cobertor que dão no avião. Aconchegante e quentinho.

Sempre levo meu próprio travesseiro de viagem – um bem macio – o qual é mais aconchegante que os comuns. Desligo então a luz do meu assento, vejo alguns filmes ou leio um livro, isso já é suficiente para me deixar com sono. E caso nada disso dê certo, tenho o ombro do meu esposo para encostar a cabeça!

Ayla do blog Mrs Ayla’s Adventures

Asa do avião

Eu amo voos intercontinentais por muitos motivos. Primeiro porque significa que uma nova aventura está para começar, e também que é hora de relaxar e sair da rotina, ver um filme ou dois e ler um livro. Também gosto de dar um cochilinho durante o voo para chegar descansada e pronta para curtir a viagem. Aqui estão algumas dicas que me ajudam bastante:

  • Escolha bem seu assento – o lugar é tudo. Eu gosto de sentar na janela para poder usar um travesseiro e encostar a cabeça. Tento evitar sentar próximo aos banheiros, já que é mais barulhento e às vezes tem fila.
  • Fones de ouvido são ótimos, além de ouvir música também ajudam a diminuir/bloquear o barulho do avião e de crianças chorando, bem como ajudam a evitar conversas com pessoas inconvenientes.
  • Uma máscara para bloquear a claridade.
  • Camadas de roupas para se adequar a temperatura da cabine que varia muito. Se fizer calor é só tirar algumas, e se fizer frio é só acrescentar. Um echarpe ou cachecol também não podem faltar.

Suzanne do blog The Travelbunny

Avião

Diferente de muitos viajantes, não tenho dificuldades em dormir no avião. Há alguns meses eu até consegui dormir durante 5 horas corridas, o que foi uma vitória se levado em consideração o que costumo fazer para dormir durante um voo. Meus métodos não incluem travesseiros coloridos e infláveis, nem músicas melosas tocando em meus fones de ouvido, e certamente não inclui medicamentos ou álcool.

Eu uso a boa e velha técnica de encostar a cabeça no braço da cadeira ou no ombro do meu companheiro de viagem (normalmente meu esposo, pais, amigos ou irmãos). Mas se você adotar esse método, tenha certeza de que o seu travesseiro humano estão dispostos a lidar com a piscina de saliva que poderá ficar no braço dele.

Sendo pequena como eu, também ajuda quando há assentos sobrando no voo, assim dá para deitar tranquilamente e dormir confortavelmente.

Atenção: essas dicas dependem muito de seu companheiro de viagem, que deve ser uma pessoa paciente e que esteja disposta a priorizar o seu sono ao invés do dela. Caso esteja viajando sozinho, não recomendo tentar isso com o estranho ao lado, você poderá acabar sendo processado por abuso! Brincadeira.

Shikha from Why Waste Annual Leave

Fonte
Fonte

Sinto muita dificuldade em dormir sentada, por isso raramente consigo dormir no avião. Quando acontece de haver assentos livres no voo, deitada consigo dormir bem. Algumas vezes – quando a viagem foi longa – tomei um remédio para relaxar, e só assim consegui dormir por horas. No entanto, isso não é algo que faço frequentemente. Se eu viajar à noite, é mais fácil, já que é mais silencioso e desligam as luzes do avião. Dessa forma, consigo dormir um pouco se eu estiver cansada, mesmo sentada.

Hanne do blog Places People Stories

 

Então, se estiverem dispostos a tentar, aqui está uma listinha de dicas que podem ajudar:

  • Escolha seu assento cuidadosamente (evite sentar próximo aos banheiros)
  • Use o cobertor/travesseiro do avião ou o seu próprio
  • Veja filmes/séries
  • Leia um livro
  • Use o ombro de alguém (como disse a Shikha, cuidado com essa opção)
  • Beba um vinho ou uma cervejinha
  • Escute uma música
  • Vista roupas confortáveis
  • Medicação (nunca tentei e não apoio muito essa opção, mas se fizer consulte seu médico)
  • Conte ovelhinhas
  • Reze para que o avião não esteja lotado para que consiga um assento extra!

Já tentei dormir no ombro do W, com um travesseiro, com a minha cabeça encostada na mesinha à frente, ouvindo música, tomar vinho, ler. Nada funciona. Não é que eu não consiga relaxar, como a Hanne, eu não consigo dormir sentada, simplesmente preciso deitar. Conseguir um assento extra provavelmente seria a minha solução, mas até agora não tive essa sorte.

E você, consegue dormir no avião? Deixe sua resposta na votação abaixo:

Agradecimentos especiais ao Vlad, Ayla, Shikha, Suzanne e Hanne pela participação nesse post e por compartilharem com a gente suas experiências!

Ps: Já estou pensando no meu voo de 10 horas de São Paulo para Madrid em alguns dias!