O típico turista brasileiro

Shoefie em Paris

Em minhas viagens vi e observei muitas coisas, morar no exterior significa constantemente ver o diferente. Com o tempo, sua própria cultura e seus compatriotas também se tornam diferentes para você. Isso pode ser porque você mudou, ou porque olhando de fora é possível ver as coisas melhor, ou de uma forma diferente. Talvez os dois.

Vendo meus familiares e amigos brasileiros viajando, tendo alguns deles aqui em Munique como visita de vez em quando, ou mesmo só andando pela cidade e ouvindo o inconfundível português brasileiro, não dá para não observar como eles se comportam como turistas. Me faz pensar que um dia eu provavelmente agia do mesmo jeito, e em alguns casos talvez ainda aja.

Pensando nas minhas observações, não resisti e fiz uma lista de características que descrevem o típico turista brasileiro. Típico no sentido da maioria, obviamente essas características não se aplicam à todos. Mas e ai, o que os brasileiros gostam e tendem à fazer quando estão viajando?

Adora os clichés

Do tipo tirar uma foto fingindo que está segurando a torre de Pisa, pagar um absurdo para fazer um passeio de gôndola em Veneza, tomar uma cerveja na Alemanha mesmo sem gostar, comer waffle na Bélgica mesmo que tenham waffles em outros países também, andar de bicicleta em Amsterdã mesmo que isso também seja possível em outros países da Europa.

Fazer coisas clichés não é uma coisa ruim, eu também faço. A diferença é: eu não só faço coisas clichés, também valorizo coisas diferentes, que nem todo mundo sabe que existe ou que é típico. Essa coisas sim são interessantes.

Torre Eiffel, Paris

Prefere destinos populares

Se a cidade não for conhecida, por que ir lá? Ninguém dos amigos brasileiros vai saber mesmo do que você está falando. Mas Paris, Londres, Nova Iorque, Barcelona, todo mundo sabe que é o máximo. E que tal San Gimignano, Regensburg, Tours e Pilzen? O que? Aonde? A não ser que já estejam inclusas no roteiro, o típico turista brasileiro provavelmente nem irá incluí-las no itinerário. Estou mentindo?

Fala alto

Nós brasileiros somos muito comunicativos, adoramos expressar o que sentimos, e quando estamos empolgados então nem se fala. É ai que nem notamos quando falamos alto. No ônibus, nas ruas, nas lojas; não tem como não notá-los. Frequentemente vejo brasileiros nos transportes públicos ou fazendo compras aqui por Munique gritando: “MARIA OLHA, NÃO ERA ISSO QUE VOCÊ ESTAVA PROCURANDO?” e por ai vai. Se estão em um grupo então, o barulho é maior ainda.

Louco por um outlet

É raro conhecer um turista brasileiro que não queira fazer compras, não importa o que. Souvenirs, roupas, bolsas, sapatos, perfumes e todas as coisas que são caras no Brasil – que hoje em dia é praticamente tudo – ou que sejam diferentes. Mencionando a palavra outlet já faz o olho de muita gente brilhar. Um brasileiro fazendo compras em um outlet nos Estados Unidos é pura felicidade.

Sacolas de compras
Fonte: Pixabay

Ama marcas americanas

Verdade não é? E quando vê uma loja da Hollister, Tommy Hilfiger ou qualquer outra que esteja na moda no Brasil, já sai correndo para entrar, mesmo que esteja na Europa (onde normalmente essas marcas são caras).

Sente saudades da comida brasileira no segundo dia de viagem

Eita que aquele arrozinho com feijão faz uma falta viajando pela Europa. Um dia comendo comida diferente já deixa muitos brasileiros nostálgicos e reclamando. Quem não já!

Feijoada

Se a comida não for boa, então MC Donald’s é a salvação

E se a comida do país for estranha? Se não der para entender o cardápio? MC Donald’s é sempre a opção: é barato, oferece a mesma comida em todo lugar e tem em toda esquina.

Adora tirar fotos em frente à lojas de grifes famosas

Certo, eu confesso que fiz isso na minha primeira viagem para fora do Brasil, e entendo quem faz. Afinal de contas, não é todo dia que quem mora no Brasil vê uma loja da Louis Vuitton por ai. De vez em quando me deparo com turistas brasileiros fazendo isso por aqui, às vezes até sou eu quem tira a foto.

Loja da Dior na Maximilianstr. em Munique
Maximilianstr. em Munique

É acomodado

O típico turista brasileiro não curte muito planejar os detalhes da viagem, ele adora ter tudo prontinho. Guia particular, um pacote com roteiro todo pronto, um amigo morando no país, por que fazer tudo sozinho se tem que faça por você? E andar muito? Subir escadas intermináveis? É cansaço e reclamação na certa. Acomodação ou o quê?

Escadas em San Gimignano, Itália

Ama uma selfie

E no mundo de hoje, quem não? Provavelmente eu. Mas entre os brasileiros já virou uma coisa tão séria que mesmo tendo uma pessoa para tirar a foto, eles ainda preferem tirar a tal da selfie. Às vezes eu me pergunto se um dia essa moda não vai passar e vamos todos rir disso.

Faz conversões o tempo inteiro

Com o Euro e o Dólar lá na lua, agora é que não tem como não converter as moedas quando se está viajando não é? Até o preço da Coca-Cola será convertido. “O quê? R$10,00 por um refrigerante?”.

Você se considera um típico turista brasileiro? Com qual dessas características você se identifica mais?