O Ano Novo em quatro países da Europa

Ano Novo em Paris, por Packing my Suitcase

O final do ano está ai e o último dia de 2014 se aproxima. Em alguns dias estaremos dando às boas vindas à um ano novinho, cheio de esperança, expectativas e viagens! Para alguns, a noite do dia 31 de Dezembro é apenas uma noite como outra qualquer, para muitos é uma noite especial e animada, para mim… minha noite favorita do ano!

Até hoje, tive a oportunidade de passar a minha noite favorita do ano em quatro países Europeus diferentes, em quatro cidades bem conhecidas e amadas. Acredito que muitos de vocês já planejaram onde irão passar o Ano Novo, e acho que muitos ainda não, alguns pela Europa, outros não. Em todo caso, divido com vocês agora como foi passar o Ano Novo em:

Munique, Alemanha

Ano Novo em Munique, por Packing my Suitcase

Porque eu moro em Munique, achei que um dia eu deveria passar o Ano Novo por aqui e ver como é. Então depois de um jantar com alguns amigos em casa, quando a meia noite se aproximava todos decidimos ir para o Olympia Park – Parque Olímpico. Lá tem uma pequena montanha com uma vista linda para a cidade. No entanto, na noite do Ano Novo fazia muito frio e havia muita névoa, limitando a visibilidade lá de cima. O resultado é que não conseguimos ver quase nada, então sinceramente não recomendo!

Em Munique há outras opções para celebrar o Ano Novo. Além da opção de passar na Marienplatz – praça da Prefeitura – junto com milhares de pessoas, também há festas em muitos lugares na cidade. Se decidir ir à uma festa, faça a reserva com antecedência. Em termos de preço, pode custar em torno de 150 Euros por pessoa com tudo incluso. Uma coisa é certa: o Ano Novo em Munique é frio!

Ano: 2013 – 2014

Onde: Olympia Park

Com quem: W e amigos

Clima: frio e com muita névoa

Preço: grátis

Passaria lá de novo? honestamente, não!

Estocolmo, Suécia

Ano Novo em Estocolmo, por Packing my Suitcase

Estocolmo é uma das minhas cidade favoritas no Mundo, e depois de visitá-la durante o Outono, decidi que um dia voltaria lá na próxima oportunidade que eu tivesse. Então quando eu estava decidindo onde passar o Ano Novo fora da Alemanha sem ter que gastar uma fortuna por causa de uma noite específica, Estocolmo pareceu ser a melhor opção!

O W e eu só decidimos o que iríamos fazer na noite de Ano Novo, depois que chegamos em Estocolmo. Nos informaram que o lugar mais famoso e popular de passar a virada do ano é em Skansen, um museu ao ar livre localizado em um parque que fica em uma pequena montanha com uma vista maravilhosa da cidade e do mar. E é para lá que fomos!

Desde 1895 o Ano Novo é celebrado em Skansen. Há sempre um show com bandas locais – as quais achei bem entediantes – tendas vendendo comida e bebidas quentes, e uma vista linda e privilegiada da cidade. O Ano Novo em Skansen foi sem dúvidas lindo, deu para ver fogos de barcos que estavam ali por perto, bem como do centro antigo da cidade – Gamla Stan – simplesmente incrível, apesar do frio!

Ano: 2012 – 2013

Onde: Skansen

Com quem: W

Clima: frio… muuuuito frio e vento!

Preço: 160 SEK // 17 EUR // 50 BRL

Passaria lá de novo? Não em Skansen, acho que lá é coisa para uma vez, mas eu passaria em Estocolmo de novo e faria algo diferente.

Dicas

  • A venda de álcool em público na Suécia é meio restrita, então não haviam bebidas alcóolicas em Skansen, no entanto é possível trazer a sua própria bebida. Só lembre-se de comprar nas lojas com antecedência, porque no dia 31 elas fecham cedo.
  • Vista a roupa mais quente que tiver!!!

Paris, França

Antes...

Antes…

Foi quando eu estava morando em Paris, e mesmo sabendo que passaria sozinha na cidade das luzes, eu tinha muitas expectativas para esse Ano Novo. Decidi passar no lugar mais óbvio: em frente à Torre Eiffel, no Trocadéro. Foi um pouco frio e lotado com pessoas de todo o Mundo, a maioria estava em grupos, outros em casais, acho que eu era uma das únicas que estava sozinha.

Em 2008 a Torre Eiffel estava com as cores da bandeira da União Europeia, toda azul com estrelas douradas. Cada uma das estrelas foram se apagando uma por uma nos últimos segundos antecedentes à meia noite – como uma contagem regressiva – e depois a torre mudou completamente para outra cor. Foi uma experiência muito linda ver essa transformação. No entanto, fiquei um pouco decepcionada com os fogos, achei que teve muito pouco, mas foi lindo mesmo assim e aproveitei o máximo o último dia do ano sozinha, e ao mesmo tempo cercada por milhares de pessoas.

A volta para casa não foi tão simples, a estação de metrô mais próxima estava fechada, e todos tiveram que andar até a próxima estação em funcionamento. Pelo menos no metrô foi bem animado, haviam vários Espanhóis cantando as músicas de Ano Novo deles, e todo mundo tentando cantar junto!

... e depois da meia noite!

… e depois da meia noite!

Ano: 2008 – 2009

Onde: Trocadéro

Com quem: comigo!

Clima: frio, mas suportável

Preço: grátis

Passaria lá de novo? Acho que se eu passar um Ano Novo em Paris novamente tentarei ir à Champs Elysées para ver como é.

Dica: Nunca passe um Ano Novo sozinho!

Madrid, Espanha

Ano Novo em Madrid, Por Packing my Suitcase

O Ano Novo em Madrid é uma noite para nunca se esquecer! É incrível que mesmo com o frio – bom, nem é tão frio se comparada à outras cidades na Europa – as pessoas são super animadas, cantando, dançando, fazendo a festa mesmo. Passei a virada na famosa praça Puerta del Sol, onde há um relógio no topo da Casa de Correos com a contagem regressiva para a meia noite.

Os Espanhóis têm a tradição de comer 12 uvas nas 12 badaladas do relógio; isso foi interessante! Por um momento cheguei a achar que nunca ia conseguir comer todas as uvas tão rápido! Mesmo muito doente do estômago, foi impossível não amar a Noche Vieja em Madrid. O tanto de gente reunido na Puerta del Sol foi simplesmente o máximo, sem mencionar a pressa para comer as uvas e o espetáculo de fogos! Depois da meia noite a grande maioria segue para festas em diferentes boates da cidade; essa opção não foi possível para mim, já que minha irmã era menor de idade na época. Próxima vez!

Ano: 2006 – 2007

Onde: Puerta del Sol

Com quem: minha irmã mais nova e alguns amigos

Clima: não achei frio para uma noite de inverno, mas a verdade é que a Espanha não é tão fria como a maioria dos países Europeus.

Preço: grátis

Passaria lá de novo? Definitivamente! Mais uma festinha depois!

Dicas

  • Compre as uvas com antecedência, lá na Puerta del Sol até tem gente vendendo, mas bem carinhas! Ah, e compre sem sementes, só para facilitar o processo!
  • Antes da meia noite jante em um lugar tradicional e depois da virada, vá para uma festa!

Acho que deu para perceber qual foi o meu Ano Novo favorito entre os quatro não é?!

*As fotos não estão as melhores, mas naquela época eu era uma fotógrafa ainda pior, então me perdoem! 🙂

Ano Novo em Estocolmo

Ano Novo em Estocolmo

Já passou o Ano Novo em alguma dessas cidades? Como foi? Onde irá passar esse ano? Em alguma delas?