Meu cachorro viajante

Meu cachorro viajante, por Packing my Suitcase

Que cachorro muda de um país para o outro? Que cachorro muda de continente e viaja o Mundo? Que cachorro tem um passaporte e viaja de carro, trem, barco e avião? Como vocês devem imaginar, não muitos. No entanto, o meu é um deles; e esse post é exatamente sobre isso: meu cachorro viajante, Enzzo.

O Enzzo é um Golder Retriever, um dos meus companheiros de viagem, mais precisamente o mais especial deles. Nasceu no Brasil – meu país de origem e onde morava – e viveu lá por 4 anos de sua vida aproveitando o sol e a praia, até que em 2011 me mudei para Genebra, Suíca, e o levei comigo!

Antes da grande mudança, o Enzzo precisou ser microchipado, fazer alguns exames e ser vacinado, tudo para atender aos requerimentos da lei Suíça/Europeia para ser “importado” e se tornar um novo cidadão. O processo demorou uns 3 meses, mas não me importei com todo o trabalho e burocracia para tê-lo perto de mim, e acho que ele também não se importou muito…

Meu cachorro viajante, por Packing my Suitcase

Depois de uma longa viagem de avião – a primeira e única dele até hoje – chegamos em Genebra, onde moraríamos por 1 ano, e onde ele conseguiria seu primeiro passaporte. O Enzzo se tornou então, um cidadão Suíço. Tanto ele como eu tivemos que aprender as leis do novo país, e fazer algumas mudanças nas nossas vidas. Ele agora pegaria o ônibus e o tram comigo, iria à restaurantes, ao lago, fazer passeios mais longos, conhecer os novos vizinhos, esperar por mim na porta do supermercado enquanto eu fazia as compras, e me esperar limpar a “sujeira” feita por ele pelas ruas da cidade.

Tivemos um ano intenso na Suíça. Eu aprendi a ser uma dona melhor; ele aprendeu à ser um cachorro melhor. Crescemos juntos, enfrentamos dias difíceis, engraçados, e vivemos momentos inesquecíveis. Arrumamos as malas quase toda semana para visitar o W na Alemanha… dirigimos de lá para cá diversas vezes, o que resultou em aproximadamente 50.000 Km na estrada! E ele sempre lá comigo.

1 ano depois, tudo mudaria novamente… estávamos agora nos mudando para a Alemanha! W me pediu em casamento, e agora iria ser o pai do Enzzo. Precisávamos então, mudar novamente, aprender outra língua, nos adaptar à novas regras, fazer novos amigos, visitar novos lugares, mudar nossa rotina… e fazer um novo passaporte! Desde 2012, o Enzzo é um cidadão Alemão, mesmo não entendendo muito o idioma, exceto “nein” e “sitzt” (não e senta).

Nos últimos 3 anos meu cachorro viajante também teve a chance de viajar pela Europa com o W e eu: nadou nas águas cristalinas da Croácia e do Lago Bled, visitou o Castelo de Ljubljana e o Palácio Schönbrunn em Viena, andou pelas ruas antigas de San Marino e Verona, viajou de trem pela Suíça e de barco na Croácia, viu um inesquecível pôr do sol e jantou em um restaurante barco em Budapeste, e brincou com a neve pela primeira vez em Regensburg, Alemanha.

Clique em uma das fotos para ver o slideshow:

Meu cachorro viajante já viu muita coisa, e ainda se anima quando me vê arrumando suas coisas para pegar a estrada mais uma vez. No entanto, ele não curte muito malas como eu, ao longo dos anos ele associou malas comigo viajando e o deixando… então hoje em dia procuro arrumar as malas na última hora, especialmente se é uma viagem em que ele não pode ir junto.

Meu cachorro viajante, por Packing my Suitcase

Alguns fatos:

Nome: Enzzo

Data de nascimento: 19 de Setembro de 2007

Lugar de nascimento: Fortaleza, Brasil

Onde mora atualmente: Munique, Alemanha

Países onde morou: 3 (Brasil, Suíça e Alemanha)

Total de países visitados: 11

Lista dos países visitados: Brasil, Suíça, França, Áustria, Alemanha, Croácia, República Tcheca, Hungria, Eslovênia, Itália e San Marino.

Hotéis onde se hospedou: 11

Hotéis para cachorros onde de hospedou: 5 (sim, HOTÉIS PARA CACHORROS… mas isso é assunto para um novo post)

Meu cachorro viajante, por Packing my Suitcase

Pronto! Meu cachorro viajante está oficialmente apresentado à vocês!

About Allane

Brasileira morando na Alemanha. Casada com o W., mãe de uma menina linda e de um Golden Retriever. Viajante, escritora, fotógrafa, mergulhadora, apreciadora de vinhos, fã de Fórmula 1, viciada em ler livros de ficção histórica e juvenil. City girl, amante da natureza, alguém que acredita em um mundo melhor, uma pequena mudança por vez.

  • Adorei seu post. Quem ama seu animal de estimação sabe bem o que é responsabilidade.
    Eu tenho 3 cachorros e trouxe eles comigo para Alemanha.
    As pessoas negativas, falam não leva que vai te dar trb, dar, doar..Mas não leva.
    Eu não desisti dos meus filhotes, estão comigo e estão acompanhando minha gravidez, são meus 3 melhores amigos: Bye, Tchau e Cher (Filho, Pai e mãe) família sempre unida.
    Parabéns pelo lindo pst.

    • Nossa obrigada pelo carinho! Fico feliz que gostou do meu post!! É isso ai, todo mundo falava o mesmo pra mim, achando que eu era doida em trazê-lo para cá… mas foi uma das melhores decisões que fiz na minha vida!! Que maravilha que você trouxe seus filhotes, tenho certeza de que eles estão super felizes aqui com você, e com uma qualidade de vida maravilhosa 😀
      Beijos.

  • Nirley Parra Pessoa

    Os cães são criaturas maravilhosas, transformam definitivamente as pessoas com quem convivem.

  • ana carolina

    Como vc o levou para Suíça? Vou precisar levar minha Beagle e já lí muitas coisas, mas não sei exatamente como proceder? Vc contratou alguma cia de mudança de animais de estimação?

    • Oi Ana,

      Então, primeiro fiz uma pesquisa pela internet mesmo no site do governo da Suíça e descobri algumas coisa. Coincidentemente a veterinária dele era Portuguesa e sabia das leis na Europa e me auxiliou bastante. O que você precisa fazer é colocar um chip to seu cachorrinho, fazer um exame comprovando que ele n têm raiva (demora um pouco para receber o resultado, por isso tem que ser feito com antecedência), estar em dia com a vacina de raiva (se não me engano a última dose tem que ter sido aplicada no mínimo à 3 meses, algo assim)… o veterinário tem que preencher e assinar um documento, o qual deve ser levado à secretaria da fazenda se não me engano e depois embarcar! Ufa… tem mais além disso, mas a pessoa que pode te ajudar mais é um veterinário que conheça o procedimento. E no site oficial da Suíça também isso, não lembro exatamente o link, mas tenta dar uma pesquisada na internet.

      Espero que tenha te ajudado 😀 ou pelo menos ter te direcionado para onde ir agora. 🙂

      Beijos e volte sempre por aqui.
      Allane

      • ana carolina

        Olha, muiiito obrigada pelas informações! Eu lí várias coisas no site suíço, mas confesso que nem sabia por onde começar! Mandei um email pra eles e estou aguardando…acho que ela (meu beagle) só precisa do chip e do exame…as vacinas estão em dia. Vou me informçar sobre a secretaria de fazenda…!

        Muito obrigada (de novo)!!

        Parabéns pelo blog, fiquei horas lendo suas histórias! =D

        • Oii Ana!!

          Fico muito feliz que eu te ajudei um pouquinho!! Ahh eu me lembro que o pessoal lá da Suíça demorava mesmo pra responder. É normal, eles são meio lentos pra tudo, vai se acostumando 😀

          Faz isso sim, se as vacinas estão em dia já adianta muita coisa, pq já dá pra fazer o exame. E o chip é bem simples e rápido.

          Nossa muito obrigada, fico muito feliz em saber que você gostou tanto assim do blog!! Espero que volte mais vezes por aqui, e se precisar de alguma ajuda sobre a Suíça também sinta-se à vontade em entrar em contato!

          Beijos,
          Allane

  • Olá, saudações do Brasil. Estou para mudar de país, quero levar meus dois cães (Cocker e Golden Retriever) e estou preocupado com o tempo de viagem, que é de cerca de 10 horas. Eles devem sofrer um pouco no bagageiro do avião, não? Para chegar a Suíça, você deu algum tipo de sonífero para seu cão?

    Obrigado!

    • Olá Avariando tudo bem? Obrigada pelo comentário. Que legal que você vai levar seus cães com você!
      Olha só, o sonífero eu diria que depende muito dos seus cachorros… o meu é sempre muito calmo e alguns meses antes eu comprei a caixa dele e ele foi se familiarizando. Então não dei nada pra ele e deu tudo certo. Mas se você acha que seus cães são meio inquietos em ficar mto tempo fechados, talvez você deva ir ao veterinário deles para que ele indique o sonífero e a dosagem.
      Sobre a viagem, dentro do bagageiro do avião é um pouco mais frio, mas há quem diga que tem a mesma temperatura que a cabine. Se os dois viajarem no mesmo vôo acho que não vão estranhar tanto, já que têm um ao outro.
      A realidade é que de qualquer forma é uma situação nova e diferente para eles, então acho que sempre é um pouco estressante para todo animal.
      Te desejo muito boa sorte com a sua viagem. Se tiver mais alguma dúvida pode perguntar!

      Abraço,
      Allane

  • Pingback: Como é ter um cachorro em Munique | Packing my Suitcase()

  • Pingback: COMO É TER UM CACHORRO EM MUNIQUE | Volkstanzgruppe Weisser Schwan()

  • Oii Allane! Adorei esse seu post e o blog todo! Fiquei até emocionada de ler esse post, como é bom encontrar alguém que é “tão louca quanto eu” de levar seu cachorro “enorme” pra Europa! Passei pra um mestrado em Genebra e devo me mudar pra lá no meio do ano. Já morei na Alemanha por um ano, então acho que já me acostumei com algumas das 9 coisas que odiou em Genebra.. hehe. Enfim, a questão é que agora, com a minha cãopanheira Pinga, uma akita, está sendo bem mais difícil de encontrar moradia! A moradia estudantil não aceita animais, então estou procurando em outros lugares.. mas está sendo bem difícil. Adoraria poder trocar experiencias com vc! Onde vc e o Enzzo moraram? Poderia me dar uma dica de onde procurar apes? Muito obrigada! Parabens pelo blog! Minha melhor amiga mora em Munique.. quem sabe nos encontramos por aí qndo eu for visita-la! 😀

    • Oiii Vanessa!!!! Aiiii também adoro encontrar pessoas que são loucas que nem eu hahaha! Na verdade, acho que nós somos normais, já que consideramos nossos bichinhos da familia e nossa responsabilidade!

      Quando moramos em Genebra, ficamos no bairro Jonction. Tive sorte porque a dona do ap na época estava precisando muito alugar e porque ela amava cachorros. Hoje em dia o ap está alugado para um casal 🙁
      Como Genebra é muito pequena, dá para ficar tranquilo em qualquer bairro. Você nunca vai ficar muito longe do centro. Mas preciso te preparar que não vai ser fácil achar algo em conta… eu pagava CHF 1600 pelo meu ap 🙁 já pensou em procurar nas comunidades do face de Genebra? Vai que tem alguém que sabe de alguma opção. O cara que me ajudou a encontrar o meu não tenho mais contato 🙁
      O que você pode tentar também é ficar alguns dias em um Airbnb, já ouviu falar? É uma opção boa até você encontrar um lugar certo.
      Estou torcendo por você. E quando ver à Munique visitar sua amiga marcamos de nos encontrar com certeza 😀
      Beijo grande!

  • Juliana

    Olá , adorei seu post , mas preciso que me ajude, pois estou me mudando para a Suiça em janeiro e tenho 2 peludas , e sem duvida nenhuma vou leva las comigo…
    Tenho ligado aqui no minsterio da agricultura , mas um passa para o outo…

    Me ajude

    Obrigada

    Juliana

    • Oiii Juliana,

      Achei seu comentário! Desculpa, aqui está tudo muito corrido. Te enviei um email ontem à noite mesmo. Espero ter ajudado.

      Boa sorte!!
      Abraço,
      Allane

  • Oiii Isa!!

    Nossa obrigada, fico muito feliz que goste do blog!! Desculpa a demora para responder, estou à caminho do Brasil esses dias e está uma correria por aqui.

    Eue máximo que vc vai trazer a Pipoca pra fazer um mochilão pela Europa, adorei, vc é uma das minhas 😀

    Então, por Londres é verdade, nem entre por lá. Chegar lá com cães é super complicado, até mesmo para cachorros europeus. Sobre a Suiça, tem mesmo essa taxa, mas quando cheguei ninguém fez inspeção no Enzzo, na verdade eu é quem tive que procurar o pessoal para pagar a taxa. Eles só olharam pro Enzzo e passamos direto depois de pagar essa taxa. Na época paguei 80CHF. Só isso. Não sei como está agora, porque isso foi em 2011, mas não credito que muito tenha mudado além do preço não.

    Sem dúvidas acho que sairia mais barato você entrar por outros países e depois ir pra Suíça. Mas se vc preferir ir pela Suíça acho que não tem problema não. Você já tentou falar com alguém do governo da Suíça? Qualquer coisa tenta enviar um email pra eles com as suas dúvidas. Lembro que na época fiz isso, mas não me lembro mais o email.

    Bom, desejo boa sorte e boa viagem pra vcs 😀
    Qualquer coisa pode me enviar um email também.
    Beijos,
    Allane

  • Oiii Isa! Que maravilhaaaa, fico muito feliz que deu certo! Eu imaginei mesmo que seria mais fácil no seu caso, já que não irá se mudar pra lá. Espero que vocês façam uma ótima viagem!!
    Beijos!

  • Oiii Priscilla, nossa que legal e que mundo pequeno hahaha 😀
    Lembro que o tamanho da caixa que comprei foi o maior que tinha, o correto é uma que dê pra ela dar uma volta de 360 graus dentro. Já a marca não me lembro mais, mas o veterinário pode ajudar um pouco com isso.
    Aii fico feliz que meus posts estão te ajudando. Se eu puder esclarecer alguma dúvida é só falar!
    Que máximo que quer trazê-la com você! 😀

    Bom, boa sorte com tudo!
    Beijos,
    Allane