Conheça Budapeste

Pôr do sol em Budapeste. Por Packing my Suitcase.

Buda e Pest um dia foram duas cidades divididas pelo rio Danúbio; Buda ficava nas colinas e Pest na parte plana. Mais tarde em 1873, as duas foram unificadas juntamente com outra cidade chamada Óbuda, essa unificação resultou na atual capital da Hungria: Budapeste. O contrário do que muita gente pode pensar, o nome Buda não tem nada a ver com o pai do Budismo, e Pest não se relaciona com doença.

Crônicas da idade média conta que a cidade de Buda se chamava assim por causa do nome de seu fundador Bleda, e que Pest pode ter vindo de um antigo forte dos tempos Romanos que era chamado de “Contra-Aquincum“, conhecido como “Pession“. Mas quem sabe! Tudo o que eu sei é que Budapeste é uma cidade maravilhosa para ser visitada, que eu já estive por lá duas vezes e sem dúvida nenhuma voltaria.

Localizada no Leste Europeu, construída nos dois lados do rio Danúbio, com uma população superior à 1,7 milhões, Budapeste é uma das maiores cidades da União Europeia, é um lugar barato para visitar e acessível à todos os tipos de turistas. Como a Hungria não adotou o Euro, a moeda oficial é o Florim Húngaro – 1 Real equivale à aproximadamente 104 HUF. Para se ter uma ideia, 1 garrafa de água de 330ml não custa nem R$2,00.

Em Budapeste, aproveite seu tempo para subir até o Géllert Hill onde fica a famosa Citadella, e encante-se com a vista do lado Buda da cidade. Tudo bem se não quiser mais descer, é lindo mesmo! Então aproveite para sentar-se e apreciar esse lugar único e magnífico. Quando decidir descer, atravesse uma das famosas pontes da cidade: Chain, Elizabeth ou Liberdade – a minha favorita – e não deixe de fazer uma visita ao Mercado Central e dar uma olhadinha nos produtos locais.

Se agora bateu aquela fome e você adoraria provar a tão tradicional sopa de Goulash, uma cerveja ou vinho local, não faltarão opções na rua Váci – há poucos passos do Mercado Central – onde também há souvenir para todos os gostos.

Ainda está desejando mais vistas espetaculares? Não saia de Budapeste sem visitar o Castelo Buda. Lá você não só terá mais uma vista linda, como também aprenderá um pouco mais sobre a história da cidade e terá a oportunidade de visitar uma de suas exposições. Não muito longe está o Fisherman’s Bastion, de onde se tem a vista mais bonita do Prédio do Parlamento e da Ponte Chain. Logo ao lado você terá a oportunidade de passear pelas ruas antigas de Buda e visitar a Igreja Matthias – oficialmente chamada de Igreja de Nossa Senhora – cenário de muitas coroações e casamentos.

Agora vem a minha parte favorita! O que mais gostei de fazer em Budapeste: fazer uma longa caminhada à beira do rio Danúbio, admirar a Citadella e o Castelo Buda iluminados à noite, os antigos trams da cidade atravessando as pontes gigantes, e finalmente sentar-me em um restaurante com uma vista fantástica e tomar uma taça de vinho branco Húngaro. Ou até mesmo jantar em um barco-restaurante vendo o sol se pôr por traz das colinas, admirando a peculiar arquitetura da cidade. Conheça Budapeste e apaixone-se por uma das cidades mais vibrantes da Europa.

Dicas úteis

  • O transporte público é barato e bem organizado, compre o Budapest Card!
  • Decida em que estação visitar: no calor do verão ou no frio do inverno? Sua decisão fará muita diferença (talvez eu te ajude em um próximo post);
  • Prove o vinho branco Húngaro; tenho certeza de que não irá se decepcionar. Recomendo todos da vinícola Nyakas. Se não encontrar em algum restaurante, encontrará em qualquer supermercado da cidade;
  • Ou se você prefere cerveja, a Hungria também produz cervejas famosas, como a Soproni;
  • Se você gosta de compras, Budapeste é uma cidade muito barata para isso, especialmente no que se refere à sapatos;
  • Faça um passeio de barco ou simplesmente jante em um barco-restaurante; normalmente encontrados entre as pontes Chain e Elizabeth;
  • E claro que você precisa ir à um dos famosos spas da cidade para um banho termal – esse ainda está na minha lista!

 

Onde comer

Há diversas opções maravilhosas em Budapest, com isso não precisa se preocupar. Mas sem dúvidas eu recomendo:

New York Cafe 

New York Cafe, Budapeste. Por Packing my Suitcase.

Esse Café espetacular te deixará de boca aberta logo na entrada. Você não ficará encantado(a) somente com os estilos de sua arquitetura e decoração, mas também com os doces desse lugar, que é para deixar qualquer um com água na boca.

Esco Bar & Cafe

Escobar, Budapeste. Por Packing my Suitcase.

Uma ótima opção para relaxar – depois de ter andado quilômetros pela cidade durante o dia – e tomar uma taça de vinho vendo o sol se pôr à beira do Danúbio. A comida e os preços não decepcionam, e ainda tem a vista para complementar!

Columbus 

Columbus Pub, Budapeste. Por Packing my Suitcase.

Comida e serviço extraordinários com uma vista de tirar o fôlego. Um barco-restaurante no Danúbio, onde é possível sentar-se no terraço e apreciar a vista para os monumentos mais cobiçados de Budapeste. Da entrada à sobremesa, prove tudo e não se preocupe com a conta, você não se arrependerá!

Onde se hospedar

Soho Hotel

A localização é ótima, não muito longe do centro, mas uma caminhadinha meio longa até o Danúbio. Opções de restaurantes por perto não faltam, bem como transporte público. Ótimo hotel com estilo bem diferente!

Mercure Budapest Duna

Se estiver buscando uma opção mais barata, esse hotel é uma opção. O café da manhã é ótimo, ao lado do Danúbio com transporte público na porta. Não espere luxo, esse é um hotel 3 estrelas; mas bem limpo e até aceita fazer check-out mais tarde sem custo adicional.

Para mais informações sobre Budapeste visite: http://www.budapest.com/