Lua de mel nas Ilhas Maldivas: o que esperar

Sabe aquele paraíso que você sempre sonhou? Aquele onde você pode ficar longe de tudo, que te faz sentir-se vivo e parte desse mundo? Ou aquele onde você não precisa pensar em nada a não ser comer, dormir, fazer snorkeling, mergulhar e deitar na areia da praia? Bom, passei a minha lua de mel em um lugar exatamente como esse: nas Ilhas Maldivas.

Diamonds Thudufushi, Ilhas Maldivas. Por Packing my Suitcase

Viajar para as Ilhas Maldivas gira em torno da ilha a qual você vai ficar, o que significa o Resort da sua escolha, então é recomendável que você faça uma pesquisa para encontrar um que atenda às suas necessidades. Afinal, quando você chegar, não poderá ir para nenhum outro lugar a não ser o mar.

Antes de ir, não se preocupe tanto em arrumar as malas. Tudo o que você precisará é uma roupa de banho, protetor solar, Havaianas e uma câmera fotográfica. Além disso, esteja pronto para relaxar e curtir o que o Oceano Indico tem a oferecer, e fazer lembranças maravilhosas do tempo passado nesse paraíso.

Você será tratado como realeza – especialmente se você ficar em uma Water Villa – desde a sua chegada até o café da manhã trazido todas as manhãs. Espere acordar e abrir seus olhos para a água turquesa, comer uma comida maravilhosa, massagens relaxantes no Spa, lanche da tarde no seu quarto, tomar vinho numa banheira quente sob o céu estrelado, suco de melancia feito especialmente para você, nadar com tubarões, arraias e tartarugas marinhas, uma caroninha do seu quarto até o restaurante, snorkeling ao redor da ilha e mergulhar com tubarões baleia.

Valorize cada pôr do sol e o som de cada onda quando você for dormir. Você não precisará de um relógio, a não ser que não queira perder a aula de yoga ou o tour de snokeling. Aproveite o sol, e até mesmo a chuva. Nunca ache que você passou tempo demais na água, a não ser que tenha exagerado no bronzeado. Observe o céu. Aprecie a paz e a quietude debaixo da água, e não se assuste se você der de cara com um Tubarão Galha-Preta, eles ficarão mais assustados que você e vão embora rapidinho. Contemple esses momentos; eles passarão rápido.

Depois dos primeiros 2 dias você provavelmente já conhecerá todos os outros hóspedes, bartenders, garçons, instrutores dos esportes aquáticos, os chefes dos restaurantes e até mesmo a vida marinha que habita ao redor do seu resort. O bom disso é que você não vai mais querer ir embora, ou seria uma coisa ruim? Uma pesquisa recente diz que 31% dos turistas que vão às Ilhas Maldivas já visitaram antes.

Até o final da sua estadia, todos os funcionários vão lembrar pelo menos qual quarto você está ficando; os bartenders vão saber a sua bebida favorita sem que você precise pedir; você sentirá que seu quarto é a sua nova casa e perceberá como nós seres humanos nos acostumamos facilmente com uma vida como essa. Ah, você provavelmente também ganhará alguns quilinhos “inesperados”, não se preocupe, talvez eles irão embora, mas não suas lembranças.

Diamonds Thudufushi, Ilhas Maldivas. Por Packing my Suitcase

Minha escolha feliz: Diamonds Thudufushi Beach and Water Villas.

Tipo de quarto: Water Villa

O que você encontrará na ilha Thudufushi:

Serena Spa
Spherique Boutique
Centro de Mergulho
Esportes aquáticos e lazer (yoga, pilates, etc.)
Academia
Médico
2 Restaurantes
2 Bares
E muito mais.

Você nunca esquecerá os funcionários excepcionais e a comida maravilhosa. Essa pequena ilha tem tanto para oferecer que qualquer tempo que você passar não será suficiente.

Minhas dicas para esse paraíso:

  • Reserve seu resort com antecedência; é possível conseguir um desconto maravilhoso.
  • A opção All-inclusive é a melhor idéia.
  • Se o seu hotel se oferecer para reservar seu seaplane, aceite. Eles já conhecem como funciona e é menos preocupação para você.
  • Você pode até achar que 5 dias numa ilha como essa é muito tempo, mas depois da sua chegada, o tempo voa. Fique o tempo que puder!

Ilhas são uma paixão minha, então uma lua de mel nas Maldivas já era uma decisão pré-determinada na minha vida. Eu sabia que eu não poderia errar e não errei. Dizem que você sempre volta diferente de uma viagem; essa te fará sentir-se mais vivo.